Prefeito de Parelhas fala do Projeto Mulheres Seguras

portal ParelhasEm entrevista ao site do Projeto Mulheres Seguras, o prefeito de Parelhas (RN), Francisco Medeiros, avaliou como relevante o projeto de enfrentamento à violência contra as mulheres, realizado pela Confederação Nacional de Municípios (CNM), com apoio da União Europeia. Segundo ele, o trabalho realizado no Mmunicípio buscou conscientizar a sociedade para os direitos das mulheres e reduzir os índices de violência.

Até o momento, foram realizadas entrevistas com os prefeitos pernambucanos Sebastião Dias, Luciano Duque e Marcones Libório de Sá, de Tabira, Serra Talhada e Salgueiro, respectivamente. Além da prefeita em exercício de Florânia, Márcia Nobre. Todas publicadas no site do projeto.

Desde abril de 2014 o Projeto Mulheres Seguras aplica sua metodologia em 10 Municípios de Pernambuco e Rio Grande do Norte. Atualmente, o projeto está em sua fase final e os Municípios participantes estão em fase de lançamento e legitimação final de implementação dos planos, lançando seus Pactos de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres, documentos elaborados pelos Grupos de Trabalho Municipais a partir de capacitação oferecida pelo projeto. Parelhas realizou a cerimônia de lançamento de seu Pacto Municipal no final do ano passado. Relembre aqui. (http://www.mulheresseguras.org.br/1502-2/)

Leia na íntegra a entrevista:

 

  • Como o senhor avalia o projeto Mulheres Seguras no Município?

    É um projeto de grande relevância, tendo em vista que busca conscientizar a sociedade para a questão dos direitos das mulheres no nosso Município. É um projeto também que visa reduzir a violência contra a mulher, tratá-las da forma como elas devem ser tratadas pela sociedade, considerando também que muitas lutas já foram travadas ao longo dos anos e da História para que as mulheres possam conquistar espaços na sociedade, não só do ponto de vista social, econômico, mas também do ponto de vista da igualdade com os homens, do respeito com a questão de gênero. Isso evidentemente é uma conquista muito importante para o nosso Município, poder participar de um projeto como este.

  • No que efetivamente a Prefeitura colaborou e como pode continuar colaborando?

    A Prefeitura colaborou na medida que ela se dispôs a participar do projeto e que nós, nossa gestão, entendeu ser um projeto de grande importância. Colaborou também disponibilizando todo um conjunto de profissionais, a equipe técnica da Secretaria de Assistência Social, de diversos programas, uma equipe multidisciplinar que interagiu com outras secretarias, interagiu com a sociedade civil organizada, participando de eventos e organizando eventos importantes no nosso Município, interagindo também com a iniciativa privada quando, por exemplo, empresas abriram suas portas para que as mensagens do projeto pudessem chegar a essas pessoas.

    A prefeitura colaborou na medida que disponibilizou os meios para que essa equipe pudesse se deslocar, quando foi preciso, para outros Municípios, garantindo o mínimo de infraestrutura para que o projeto pudesse ter o andamento devido.

 

  • Qual a importância de projetos como este para o Município?

 

Projetos dessa dimensão têm uma importância às vezes até difícil de mensurar, calcular. Estamos tratando de garantias de direitos para um segmento importante da sociedade, que são as mulheres, que representam a maioria da população e que muitas vezes têm seus direitos mais elementares negados pelo poder público, pela sociedade. Muitas vezes, elas não sabem onde buscar sequer informações para que possam se conscientizar da importância de lutar para ter uma sociedade mais igualitária, mais justa.

Na medida que um projeto como esse é desenvolvido e executado pelo nosso Município, sendo uma causa como essa, da questão do combate à violência contra as mulheres, da questão da garantia de direitos, igualdade de gênero, evidentemente isso tem uma importância enorme para resgatar essa questão da cidadania e direitos que as mulheres têm lutado tanto e que nós, enquanto poder público e instituição, temos dever de proporcionar os meios para que a sociedade de conscientize de uma causa como essa.

É um projeto extremamente importante na medida que trabalha essa questão do gênero e da mulher no nosso Município, garantindo acesso à informação para que o nível de segurança e participação das mulheres nas tomadas de decisão sejam garantidas.