Evento em Nova York lança campanha global solidária de gênero da ONU Mulheres

Fonte: http://www.onu.org.br

HeforSheBrazil
HeforShe no Brasil. Foto: Facebook #heforshe

Foi lançado no último sábado (20), em Nova York, a campanha da ONU Mulheres HeForShe – “ElePorEla”, em tradução livre –, um dos maiores movimentos de solidariedade do século 21.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, e a embaixadora da Boa Vontade da ONU Mulheres, Emma Watson, abriram um evento repleto de personalidades com popularidade entre homens e meninos ao redor do mundo para reverberar a igualdade de gênero e o empoderamento da mulher nos dias de hoje.

“Ao longo dos anos, os homens têm apoiado o movimento das mulheres. Mas para a maioria era apenas isso: um movimento de mulheres, quando na verdade a igualdade de gênero é da responsabilidade de todos”, disse o secretário-geral em seu discurso de abertura do evento.

Mediada pelo âncora da CNN, Wolf Blitzer, a campanha HeForShe tem como objetivo colocar homens no centro do ativismo e do diálogo para acabar com as persistentes desigualdades enfrentadas pelas mulheres e meninas em todo o mundo. Ao longo dos próximos 12 meses pretende mobilizar um bilhão de homens e meninos como defensores e agentes de mudança para a igualdade de gênero.

Mapa em tempo real para monitorar participação

“Os países tem a obrigação de combater a violência contra a mulher. Mas também precisamos mudar atitudes”, afirmou Ban Ki-Moon, lembrando que uma em cada três mulheres é vítima de violência. “Os homens são responsáveis pela maioria das ameaças e violências contra as mulheres. Geralmente estes homens são próximos de suas vítimas: pais, maridos, namorados ou chefes”.

Ban também fez um apelo: “Precisamos dizer para os homens e rapazes: Não levantem suas mãos pela violência, levantem suas vozes para pará-la e para promover os direitos humanos para todos”.

Em um ponto alto do evento, Ban ativou o mapa HeForShe, um gráfico em tempo real com um localizador GPS que acompanhará a participação dos homens com a iniciativa em todo o mundo ao longo dos próximos doze meses. O chefe das Nações Unidas foi contado como o número um e Blitzer tornou-se “número dois”.

Em seu discurso, a diretora executiva da ONU Mulheres, Phumzile Mlambo-Ngcuka, disse que a HeForShe é para todo homem, menino ou indivíduo, onde quer que estejam. Apesar das estatísticas terríveis sobre a violência contra as mulheres e a desigualdade de gênero, “homens e meninos podem mudar o curso da história”, disse ela.

Estimulando políticos, artistas, atores e esportistas do sexo masculino para “acordarem” para que, através deles, os jovens e adolescentes vejam modelos dispostos a ajudar na mudança da sociedade. Phumzile disse que as pessoas de todas as esferas são convidadas a trabalhar no sentido de criar um mundo de justiça e igualdade de oportunidades, sem discriminação.

“Estou pedindo para você porque nós precisamos de sua ajuda. Queremos acabar com a desigualdade de gênero e precisamos de todos os envolvidos “, disse a atriz Emma Watson em seu discurso, ressaltando que a campanha HeForShe é mais do que falar; trata-se de alcançar resultados tangíveis.