Dia Mundial do Empreendedorismo Feminino é lembrado neste domingo, 19

O Dia Internacional da Mulher Empreendedora foi lembrado neste domingo, 19 de novembro. A data, criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 2014, estabelece o Dia Mundial do Empreendedorismo Feminino que é celebrado anualmente em mais de 153 países. Segundo a ONU, o objetivo é incentivar e apoiar a entrada de mulheres no universo corporativo.

Para a organização, é importante estimular que as mulheres se empoderem e sejam mais conscientes de seu potencial como mulheres de negócio, podendo iniciar suas próprias startups, ingressar no mundo do microempreendedorismo e assim impulsionar o crescimento econômico em todo o mundo. Além de comemorativa, a data quer chamar a atenção para o ingresso da mulher no mercado de trabalho.

O grupo de pesquisa de gênero do Banco Mundial reforça que a questão de gênero e a falta de oportunidades iguais para ambos os sexos, marginalizando a mulher, é um dos principais empecilhos para a construção de uma economia sólida, além de uma sociedade mais justa e inclusiva.

Segundo o relatório “Igualdade de gênero e desenvolvimento” 2012, da instituição: entre 1980 e 2008, a diferença entre os sexos na participação diminuiu de 32 pontos percentuais para 26 pontos percentuais. Em 2008, as mulheres representavam mais de 40% da força de trabalho global.

De acordo com o estudo, grandes aumentos na participação em países que começaram com taxas muito baixas – principalmente na América Latina e no Caribe e em menor medida no Oriente Médio e Norte da África – combinados com pequenas diminuições em países que começaram com taxas muito altas – principalmente na Europa Oriental e Ásia Central – significam que as taxas convergiram em todas as regiões, embora permaneçam diferenças significativas.

O estudo revela ainda que a participação das mulheres na força de trabalho é mais baixa no Oriente Médio e na África do Norte (26%) e no Sul da Ásia (35%) e maior na Ásia Oriental e Pacífico (64%) e África Subsaariana (61%).

Cenário brasileiro
No Brasil, até março deste ano o número de empresárias subiu 34% nos últimos quatorze anos, segundo dados do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Em 2014, o País tinha 7,9 milhões de empresárias.