CNM divulga vídeo para conscientizar mulheres sobre prevenção do câncer de mama

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) divulgou vídeo nesta terça-feira, 3 de outubro, pela campanha Outubro Rosa. Fundadoras e coordenadoras do Movimento Mulheres Municipalistas (MMM), Tânia Ziulkoski e Dalva Christofolleti destacaram a importância de conscientizar as mulheres acerca da importância da prevenção do câncer de mama

A iniciativa – que envolveu as colaboradoras da entidade – faz parte de uma série de ações realizadas pela entidade a fim de alertar para a necessidade de detecção precoce do câncer de mama. A entidade ressalta que todas as Prefeituras do país podem organizar ações locais para estimular profissionais de saúde e a população feminina a participarem do controle dessa doença que vem matando tantas mulheres.

“Estamos hoje aqui para pedir que vocês se cuidem, que vocês façam os exames preventivos e que alertem as suas filhas, as suas irmãs, as suas amigas, as suas mães, as suas funcionárias que é nós preservarmos o nosso corpo, a nossa saúde”, destacou Tânia. Ela falou, ainda, sobre a representatividade feminina na entidade. “Nós temos 49% dos funcionários mulheres. E isso nos dá um estímulo muito grande”, afirmou.

Dalva lembrou das ações promovidas pela CNM em prol das voltadas ao fim da violência contra as mulheres. A CNM destaca que a violência contra as mulheres é outro grave problema que se precisa combater. Sobre a campanha Outubro Rosa, ela apontou para a necessidade de haver a divulgação das ações. “Nesses projetos todos, a questão de gênero está sento tratada com muito respeito pela CNM. E nós, mulheres desse movimento, nos sentimos respeitadas pela preocupação da Confederação Nacional de Municípios de tratar desses assuntos”, disse.

Outubro Rosa
O movimento nasceu nos Estados Unidos, na década de 1990, com o objetivo de estimular a participação da população no controle do câncer de mama. A data é celebrada anualmente e visa a compartilhar informações sobre o câncer de mama, promover a conscientização sobre a doença, proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento e contribuir para a redução da mortalidade. O câncer de mama é o segundo tipo mais frequente no mundo.

Veja o vídeo