Botão da Vida (Campo Grande/MS)

O projeto:

Um aplicativo que poderá salvar mulheres vítimas de agressão. O sistema do protótipo do “Botão da Vida” ainda está na fase de adequação. Cinquenta aparelhos foram doados para fazer os primeiros trabalhos de testes. O Botão da Vida foi desenvolvido pela empresa WTW, de Campo Grande e teve um custo de R$ 20 mil, recurso doado pela Prefeitura de Campo Grande e TJ-MS.

Mulheres em perigo poderão acionar as autoridades mais próximas com apenas um clique. (Foto: Freepik)
Mulheres em perigo poderão acionar as autoridades mais próximas com apenas um clique. (Foto: Freepik)

Objetivo:

Diminuir a violência contra a mulher e oferecer proteção através do uso da tecnologia.

 

Público-alvo:

Num primeiro momento, somente mulheres que tiverem medidas restritivas contra agressores terão acesso ao aplicativo.

 

Como funciona:

Com apenas um toque, a mulher que está sob medida protetiva, envia uma mensagem e email, realiza uma ligação para o 190, e aciona instantaneamente o GPS, localizando a vítima com uma margem de erro de 5 metros. Após acionado, ele indica à equipe onde está a vítima, possibilitando que a viatura mais próxima da localidade atenda a ocorrência o mais rápido possível. O e-mail indica para a patrulha foto, nome e motivo pela qual a vitima está sob medida protetiva, e também informa sobre o possível agressor dados de identificação agilizando o socorro.

 

Resultados:

O sistema ainda está sendo testado e por isso não tem resultados mensurados.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: